Case Fundação Real Grandeza: Aumento da nota do IDSS como consequência da melhoria dos processos internos

Postado em 23 de julho de 2021 às 13:24

Que a pontuação IDSS é um importante indicador para as operadoras de saúde, não há dúvidas. Porém, entender exatamente quais são os processos que devem ser melhorados para impactar o desempenho das operadoras pode ser um desafio complexo para todos os envolvidos.

Com a necessidade de melhorar a pontuação, que nos últimos anos não se apresentava satisfatória, Patricia Melo e Souza, Diretora de Seguridade da Fundação de Previdência e Assistência Social Real Grandeza, encontrou a solução Gestor IDSS da Blendus como uma alternativa para mapear os pontos em defasagem e aprimorar os processos internos.

A Fundação Real Grandeza é uma Entidade Fechada de Previdência Complementar que atua há mais de 40 anos no segmento da saúde e previdência, com foco em segurança e qualidade de vida para os colaboradores de Furnas, Eletronuclear e aos próprios colaboradores da FRG na aposentadoria. Além disso, atuam oferecendo ampla cobertura e extensa rede credenciada aos seus beneficiários. 

Segundo a Diretora de Seguridade, Patricia Melo e Souza, ter o IDSS elevado para a empresa significa não somente estar de acordo com os parâmetros do mercado, mas também encontrar oportunidades de melhorar continuamente os serviços prestados pela operadora. 

Ainda, a responsável pela Gerência de Benefícios da Saúde, Giselle Flores, detalhou, neste case completo, como a Fundação Real Grandeza, utilizando o Gestor IDSS da Blendus, melhorou sua nota do IDSS e  seus processos internos, engajou seus colaboradores e aumentou ainda mais a qualidade do serviço prestado aos beneficiários. Confira!

O desafio antes do Gestor IDSS

Toda operadora de saúde busca obter notas cada vez melhores no IDSS; porém, essa não era a única preocupação da Fundação Real Grandeza. Para a Diretora de Seguridade, a nota é uma consequência de um trabalho bem feito. 

Nós buscamos constantemente melhorar nossos processos. Nós não nos acomodamos, por isso, todo ano tentamos melhorar mais e mais. Quando apareceu essa oportunidade, estudamos o que a Blendus oferecia para que, no fim, a gente conseguisse melhorar nossa nota, percebendo que ela oferecia um caminho de melhoria de processo, que é o que a gente busca.”, afirma Patricia.

A porta de entrada, de fato, foi a busca pelo crescimento da nota no IDSS. Entretanto, ao entender que o problema poderia estar nos processos internos, o objetivo foi encontrar caminhos para implementar melhorias contínuas, que refletissem não somente na avaliação, mas também no valor percebido pelos beneficiários.

A implementação da ferramenta

Ao contrário do que acontece em muitas empresas, a implementação de uma nova ferramenta, que pudesse impactar diretamente na forma como os colaboradores iriam atuar, não enfrentou resistência por parte da equipe. Pelo contrário. Houve participação ativa do início ao fim de todos os envolvidos, o que, certamente, contribuiu para que resultados positivos surgissem.

Porém, foi necessário que um trabalho de relacionamento mais assíduo com a rede credenciada fosse feito em conjunto. Isso porque, para que houvesse qualidade nos dados inseridos na plataforma, seria fundamental que os prestadores de serviço estivessem alinhados com os novos processos.

É comum que em situações envolvendo grandes clínicas, com lançamentos feitos por uma equipe muito distante do médico, por exemplo, desafios maiores surjam. Isso acontece, pois, fazer com que esse prestador se conscientize da importância do preenchimento de dados, mesmo lidando com um volume muito grande de informações, é uma tarefa mais difícil.

Patricia Melo conta que a equipe passou a emitir diversos comunicados solicitando um maior refinamento na qualidade dos dados enviados. Até porque, foi durante esse processo que se constatou que o que não é controlado não é administrado, e esse foi apenas um dos ganhos indiretos que a fundação começou a ter durante o processo.

A qualidade do dado é importante para termos o controle da qualidade do atendimento e do cuidado que está sendo oferecido aos nossos beneficiários. Isso nos fez rever a nossa frequência de comunicação com o prestador, rever também os parâmetros de regulação, nos ajudou a pensar na criação de campanhas, além de estimular a implantação das nossas clínicas que oferecem o atendimento de clínico geral sem cobrança de coparticipação.”, completa a Diretora.

A importância da Blendus durante o processo

Com reuniões  coordenadas com foco no alinhamento e melhoria contínua dos dados, desde o final de 2019 a Blendus tem atuado ativamente com a equipe da Fundação Real Grandeza, indicando os pontos críticos a serem corrigidos, a fim de otimizar os processos internos e, consequentemente, a pontuação no IDSS.

Com o Gestor IDSS, a Blendus sinalizou o tempo todo a importância da qualidade cadastral, da informação e do dado em si, além de sua utilização. Entendendo a importância e a qualificação de cada dado, foi possível trabalhar internamente a melhor maneira de tratar as informações antes de encaminhá-las à ANS.

A Blendus foi essencial nesse sentido de apontar o que seria importante, o que era necessário observar, para que, internamente, fosse possível fazer o trabalho de casa.”, constata a responsável pela Gerência de Benefícios da Saúde da empresa, Giselle Flores.

De fato, o sucesso do trabalho realizado com a FRG está na conscientização e na perspectiva de que esse é um trabalho de melhoria contínua. No caso da Fundação Real Grandeza, a partir do momento em que houve essa consciência dos dados e da importância da informação, o resultado foi uma consequência. 

Dessa forma, foi possível realizar um trabalho, junto ao prestador, de qualificação dos dados, identificando melhor as críticas nos arquivos  TISS a serem enviados à ANS. Hoje, a equipe trabalha de forma muito mais atuante nesse sentido.

A consciência que assumimos, o nosso papel como operadora, de quanto é importante esse trabalho foi fundamental.”, concluiu Giselle.

Os resultados obtidos pela FRG

A partir de uma coordenação atuante realizada por Giselle Flores e ações internas que  engajaram as áreas, a execução das melhorias e adequações necessárias para conquistar uma pontuação do IDSS de excelência, alinhada à qualidade da assistência prestada pela Real Grandeza aos seus beneficiários, foi se tornando uma realidade.

Foram feitas adequações em processos e na parametrização do sistema de gestão utilizado pela operadora. Com os apontamentos feitos pelo sistema Gestor IDSS de todas as divergências e não conformidades dos dados, bem como validação do alinhamento TISS e DIOPS, a Operadora conquistou todos os pré-requisitos relacionados ao IDSS para eventualmente pleitear acreditação pela RN-452.

Conforme é possível ver no gráfico acima, demonstrando os três últimos resultados publicados pela ANS, além da nota final do IDSS 2020 (ano-base 2019) ser de 0,9016, todas as quatro dimensões também ficaram na primeira faixa avaliativa, acima de 0,8. Graças à qualidade da assistência prestada aos beneficiários e o avanço no alinhamento das informações com a realidade da operadora, foi possível conquistar esta pontuação de excelência no IDSS.

Pela adoção de estratégias de melhoria contínua baseada em dados e  evidenciada pelo Gestor IDSS, com o engajamento e proatividade da equipe atuante da Fundação, os resultados almejados foram alcançados.  A Blendus chega, ajuda, indica o que tem que ser feito e, a partir disso, é continuar focando no trabalho interno de sempre para buscar ao máximo a qualificação dos dados.”, complementa Flores.

Os próximos passos da Fundação Real Grandeza com o Gestor IDSS

Assim como a equipe da FRG pontuou em diversos momentos, o trabalho é de melhoria contínua. Ou seja, o trabalho deve ser revisto sempre seguindo os apontamentos do Gestor IDSS.

Com a revisão de processos e qualificação dos dados, os resultados foram nítidos tanto internamente, como externamente, até porque os ganhos são em cadeia. “Quando a gente melhora o nosso processo interno, o nosso atendimento ao beneficiário também se qualifica. Há uma melhoria de todo mundo que está envolvido nesse processo.” finaliza a coordenadora do projeto.

Quer saber como o Gestor IDSS pode contribuir para potencializar o desempenho da sua operadora e torná-la nosso próximo case de sucesso? Entre em contato com nossos especialistas.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

*

Whatsapp